Painel web para monitorar servidores Linux

Tem tanto projeto bacana por aí que o jeito é sempre ficar de olho, atento… lendo as novidades.

Um bom exemplo é o projeto Netdata. É preciso poucos conhecimentos em linha de comando para instalá-lo. Tem um visual muito bem elaborado e exibe em tempo real, através de um painel web, o uso dos recursos de um servidor Linux (disco, memória, processador, interfaces de rede e até mesmo alguns serviços). Nos gráficos, atualizados em tempo real, é possível, com um clique, voltar no tempo ou aplicar zoom.

Além disso, a própria interface web notifica o usuário caso haja alguma atualização disponível. Realmente vale a pena fazer um teste! Também é possível vê-lo em funcionamento aqui!

Exemplo do Netdata

Fake access point

A quem quer conhecer e explorar um pouco o mundo sem fio, há um script bem simples de usar: o wifiphisher.

Basta clonar o projeto do Github:

$ git clone https://github.com/sophron/wifiphisher.git

Em seguida (no Ubuntu) instalar uns pacotes adicionais:

$ sudo apt-get install python-scapy tcpdump isc-dhcp-server hostapd

E rodar o script:

$ sudo python wifiphisher.py

Fonte: http://tuxdiary.com/2015/01/07/wifiphisher/

Macchanger

Este programa permite mudar o MAC Address de uma placa de rede, cada vez que ela é ativada. A instalação e modo de uso são bem fáceis.

Para instalar:

$ sudo apt-get install macchanger

Depois, alguns ajustes, como ativar a variável ENABLE_ON_POST_UP_DOWN e definir a interface na variável ENABLE_INTERFACES:

$ sudo nano /etc/default/macchanger

Em seguida, é só reativar a interface de rede.

Fonte: https://help.ubuntu.com/community/AnonymizingNetworkMACAddresses

Imagens gigantescas na web

Um grande amigo e eu encaramos um desafio de exibir uma imagem gigante na web. Depois de uma não breve pesquisa ele encontrou o projeto http://openseadragon.github.io que viabilizou a aplicação web.

Mas ainda tínhamos o desafio de converter a imagem. Pra isso usamos o imagemagick. O primeiro desafio foi redimensionar a imagem.

Usamos o comando convert. No Linux, por padrão usa a pasta /tmp para gerar seus arquivos temporários. Nesse caso tivemos que usar a variável de sessão IMAGICK_TMPDIR para indicar uma partição com espaço suficiente.

O resultado foi o seguinte:

export IMAGICK_TMPDIR=/var/cache

Após isso redimensionamos a imagem:

convert arquivo.png -resize 20%

Por fim, pudemos rodar o programa necessário que separa as imagens em partes e permitem ser visualizadas na web, através do OpenSeaDragon:

magick-slicer.sh arquivo.png

Arquivos criptografados com encfs

Depois de uma busca e alguns testes, esbarrei no encfs. É uma aplicação simples e bem interessante. Com um comando permite criar um ponto de montagem criptografado. Na primeira execução, ele cria os diretórios necessários e monta a nova “partição”.

encfs-novo-ponto-de-montagem

São criados 2 diretórios. O primeiro armazenará os arquivos criptografados e o segundo é o ponto de montagem com os arquivos visíveis para manipulação.

encfs-arquivos-criptografados

Para desmontar os ponto de montagem, basta usar o comando:

$ fusermount -u ~/MeusArquivos

No CentOS, notei que após instalar o encfs (yum install encfs) e antes de criar um ponto de montagem, é preciso incluir o usuário no grupo fuse:

$ usermod -a -G fuse paulo

Detalhes do projeto em github.com/vgough/encfs
Se tiver alguma consideração, comente!

Pwn2Win atinge o objetivo

Neste final de semana (11 a 12 de outubro de 2014), as crianças… ops, os h4(krs de plantão aproveitaram e puseram em prática seus conhecimentos no Pwn2Win, competição criada pelo Tecland Group e EpicLeetTeam. O evento contou com dezenas de equipes nacionais (com alguns participantes internacionais).

Dentre os desafios, havia uma prova maior: ownar um servidor. Três equipes despontaram e ganharam um servidor quad-core, um arduino intel galileo e um arduino uno r3.

Vejam o ranking final:
Pwn2win 2014

Mais informações no artigo oficial:
http://ctf.tecland.com.br/vencedores-do-pwn2win-ctf

Fique ligado em mais eventos e atividades através do canal #tecland (em irc.freenode.net)

TI em Debate, na UCEFF

Na noite de 23/09 participei da atividade TI em Debate, junto com meu amigo e colega de trabalho Álisson Bertochi, além de mais 2 convidados, Jackson Scapinelo e Cristiano Menusi.

O evento fez parte da programação da III Jornada Acadêmica/TecnoUCEFF.

Foi um debate informal, uma conversa entre os convidados e os futuros técnicos, sobre as profissões de TI, o dia a dia do profissional, sua importância para a empresa, a rápida evolução, a necessidade de atualização constante e o aquecimento do mercado de trabalho.

Com a colaboração de todos os presentes criou-se um ambiente de intercâmbio, onde todos puderam apresentar seu ponto de vista, ideias, dificuldades e possibilidades dessa área de conhecimento.

Grato pelo convite, ao organizador da atividade Velcir Barcarolli (UCEFF), e a todos pelo tempo que dedicaram aproveitando a oportunidade!